Postado em:

SPE Brazil Awards 2021

Um prêmio à resiliência e a reinvenção.


SPE Brazil Awards 2021

Premiação é um reconhecimento àqueles que empenharam esforços para auxiliar a indústria e o mercado a se reinventarem para resistir aos desafios impostos pela crise global gerada pela pandemia de Covid-19.

 

Encerrando um ciclo desafiador no qual a indústria de óleo e gás, assim como todos os setores da economia e a sociedade em geral tiveram de aprender a lidar com um ‘novo normal’, a SPE Seção Brasil promoveu o seu primeiro evento híbrido – presencial e virtual – para homenagear os que fizeram a diferença no setor. Tanto que RENOVA SPE foi o mote do SPE Brazil Award 2021 – Prêmio de Excelência Técnica e Profissional da Indústria, entregue no dia 9 de dezembro em solenidade realizada na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN).

O presidente da SPE Seção Brasil, Carlos Alberto Pedroso, abriu a solenidade ao lado de Adolfo  Puime, presidente da SPE  Seção  Macaé, agradecendo o apoio da FIRJAN para a realização do evento presencial em suas instalações, no Centro do Rio, atendendo a todas as medidas de segurança necessárias no atual cenário de pandemia.

Pedroso destacou o papel da entidade, observando que hoje ela representa profissionais não somente de óleo e gás, mas de todo o setor de energia, razão pela qual tem profissionais com distintas formações na diretoria, que também foi ampliada, ganhando novas áreas – Sustentabilidade, Jurídica, Transformação digital e Diversidade, além de Comitês Técnicos.  E salientou que a SPE Seção Brasil é um exemplo de diversidade e inclusão por ter hoje a mais jovem diretoria, com maior número de lideranças femininas.

Ao fazer um balanço das principais realizações da SPE Brasil durante o ano, Pedroso destacou os altos números de eventos digitais realizados, tanto em quantidade e diversidade de temática, quanto em participação de profissionais do setor (como palestrantes) e do público, lembrando também o forte engajamento de estudantes dos diversos capítulos estudantis.

Cinco premiações na categoria profissional concedidas a jovens profissionais – três dos quais integrantes da diretoria da SPE Seção Brasil – refletem o protagonismo que eles vêm tendo tanto na entidade como no mercado de trabalhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Eduarda Maria Zanetti, diretora de Diversidade, salientou que forma muitos os caminhos e oportunidades que o trabalho voluntário na entidade possibilitou a ela nos últimos sete anos, e elogiou a atuação equipe do Win Energy, que vem se destacando não só no Brasil  como na SPE como um todo, globalmente.

Lembrando que essa premiação é reconhecida também no exterior, os jovens diretores Itamar dos Santos Junior (Parcerias) e Max Tocantins (Mídias Sociais e Internet) fizeram questão de afirmar que o prêmio pertence a todo o time que os apoia em suas ações e que foi fundamental para a SPE se reinventar em um cenário crítico como o que vivemos na pandemia importante.

“Quando eu era jovem profissional, esse prêmio não existia. Por isso, não ganhei antes”, brincou Shiniti Ohara, ex-presidente da entidade ao receber a distinção em Serviços para a SPE Brasil, reiterando que não se trata de uma premiação individual e sim coletiva.

Carlos Alberto Pedroso agradeceu Shiniti, lembrando que foi durante a gestão dele que a SPE Brasil conquistou importantes distinções internacionais, como o Presidential Award for Section Excellence, a mais alta honraria concedida pela SPE International às seções regionais, estando a SPE Brasil e a SPE Macaé entre as 10 já premiadas entre mais de 200 seções.

Assim como Shiniti, o professor Grazione de Souza compartilhou o mérito da premiação por sua contribuição na área de Ensino e Pesquisa com todos os professores e alunos na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), na qual estudou e atua, bem como a universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF).

Ao receber o prêmio pelo Suporte Corporativo à SPE Brasil em nome da Repsol Sinopec, a COO Lorena Espido Dominguez afirmou que a empresa se sente honrada por essa distinção que reflete o engajamento da companhia e de seus profissionais nas diversas ações realizadas pela SPE Brasil. Ao mencionar sua participação pessoal no programa de mentoria do Win Energy, ela declarou que, como mentora, sentiu que aprendeu muito mais com as mentoradas.

RECONHECIMENTO TÉCNICO

Em um setor no qual os profissionais brasileiros são amplamente reconhecidos no mercado internacional, escolher quem distinguir esse ano se mostrou um dos grandes desafios do comitê. Mas é inegável que os sete premiados na categoria técnica são um exemplo da alta qualificação de nossos profissionais do setor de óleo e gás.

Os agraciados nessa premiação serão automaticamente indicados para concorrer ao SPE Latin America & Caribbean Award e, caso sejam selecionados nesta etapa, são indicados para concorrer ao SPE International Award.

 

 

 

 

 

 

 

Agraciado na categoria de Engenharia de perfuração, Antonio Lage recordou as diversas vezes em que esteve presente nessa solenidade, aplaudindo outros profissionais que participaram de sua trajetória. “Se eu não tivesse tido a oportunidade de trabalhar com tantas pessoas talentosas e competentes, eu não teria sido desafiado a atingir alguns resultados que me trouxeram até aqui”, afirmou, destacando a atuação da SPE nesse cenário de pandemia, cumprindo sua missão maior, que é disseminar o conhecimento. Pedroso observou que essa premiação é tardia, em função da SPE Brasil ter como princípio não conceder prêmios técnicos àqueles que integram a diretoria, da qual Lage fez parte em diversas gestões desde os primórdios da entidade no país.

Juliano Dantas, representando a Petrobras, entregou o prêmio técnico de Produção e Operações a Marcia Cristina Khalil, destacando seu papel como profissional e como uma liderança feminina na área de óleo e gás. Márcia falou da gratidão por todo o apoio e suporte que recebe na empresa e do time que integra, destacando o caráter multidisciplinar dessa área e de como é importante poder buscar soluções, novas tecnologias, que possibilitem a indústria ser mais sustentável.

“Não somos absolutamente ninguém sozinhos”, declarou Bruno William Pires Ferreira, agraciado na categoria técnica de Ciências de dados e Análises em Engenharia, que participou virtualmente da solenidade, por estar em Houston (EUA). Outro participante virtual, Josué Maia França, agraciado na categoria HSE (Saúde, Meio Ambiente e Segurança), fez um agradecimento emocionado, falando do orgulho de receber essa distinção como neto e filho de petroleiros, irmão de outros dois petroleiros e pai orgulhoso de um jovem aprendiz da indústria de petróleo. “Somos bandeirantes do mar, audaciosamente indo aonde ninguém foi para produzir energia. E com muita humildade!”, declarou.

“Esse grito de orgulho, que hoje está muito contido, ecoou na solenidade da SPE Brazil Award 2021 – Prêmio de Excelência Técnica e Profissional da Indústria”, afirmou o CEO da EnP Energy, Márcio Félix, premiado na categoria Gerenciamento. Ele lembrou que nos anos 1980, em Aberdeen (Noruega), foi convidado a assistir uma palestra técnica, ainda sem conhecer a SPE. “Pensei como seria bom ver o mesmo no Brasil um dia. O que me motivou a entrar na SPE, que estava nascendo no país e foi crescendo, superando recordes olímpicos, para chegar até aqui”, concluiu.

O mérito coletivo dessa premiação foi bem apresentado por Armando de Almeida Ferreira, agraciado na categoria técnica de Reservatório, que apontou duas premissas importantes para atuar no setor. Primeiro, que é fundamental ter humildade para perguntar e estar aberto a aprender, não somente com os mais experientes como também com os mais jovens.  “Temos muitos mestres nessa indústria”, afirmou. O segundo aspecto, e que expressa bem os avanços consolidados pela indústria de óleo e gás no Brasil, é a habilidade de seus profissionais de construir e desenvolver equipes. Isso tudo o SPE Brazil Award 2021 também reconhece.

O vice-presidente da SPE Brasil, Mauro Nunes, encerrou a solenidade agradecendo a todos os que participaram, presencial ou virtualmente, destacando o esforço coletivo para superar os desafios impostos pela pandemia de Covid-19, de forma que a entidade pudesse cumprir sua missão de disseminar o conhecimento. O empenho de todo o time da SPE Brasil para promover diversos eventos digitais durante o ano, mobilizando profissionais de toda a indústria, mostrou a capacidade da SPE Seção Brasil se reinventar.

Assista a cerimônia de premiação clicando AQUI SPE Brazil Awards 2021 – YouTube

 

 

Adolfo Puime e Carlos Pedroso
Eduarda Zanetti
Shiniti Ohara
Max William Tocantins
Professor Grazione
Lorena Espido – Repsol Sinopec Brasil
Antonio Lage
Juliano Dantas e Marcia Cristina Khalil
Bruno William Pires
Josué Maia França
Marcio Felix
Armando de Almeida Ferreira
Anny Beatriz Andrade
Cassandra Dewan
Patricio Panicheli 
Felipe Terra 
Itamar Alves Jr 
Jorge Pizarro 
Paulo Rovina 

Por que se associar a SPE?

01

Aprimore seus conhecimentos técnicos

02

Aumente sua rede de contatos profissional